Top Piriguetagem Literária 2012

Estava à toa na blogosfera e me deparei com um post muito divertido: o Top Piriguetagem Literária 2012. Então resolvi fazer aqui no blog. A ideia é do blog Viagem Literária.
Se você não conhece o termo piriguetagem literária ele está no Aurélio TOC Livros e segundo a Luciana Mara:
De acordo com o dicionário Aureliânus sofre de piriguetismo literário aquele(a) que troca de paixão platônica fictícia toda semana, e usa a expressão 'é meu' quando descreve algum personagem. Este tipo de piriguete usa ou usará óculos e sente frio (característica principal que a diferencia das outras espécies).


Sim, eu sou uma Piriguete Literária. Demorei muito para tomar coragem e assumir esta condição, só que eu não resisto ao charme dos bad boys ou dos carinhas fofos que encontramos no universo literário *suspiros*.
Chega de enrolação e vamos logo a minha lista:


10) Colin - Qual seu número? - Ele é bad boy, pseudo-detetive, vizinho gostoso, apaixonado e um tanto galinha e me conquistou. Ele aparece com seu lindo peitoral a mostra em várias partes do livro, o que deixa Delilah (e eu!) completamente sem fala. No filme é interpretado pelo lindo Chris Evans. 

9) Akiva - Feita de fumaça e osso - Ele é um anjo sexy e um pouco amargurado, mas irresistível. Um dos mais recentes livros que eu li esse ano, Feita de Fumaça e Osso tem os ingredientes de paixão certos. Akiva tem uma dedicação impressionante à sua amada e faz algumas loucuras de vez em quando, o que só o torna mais desejável, uiii! Vou adiantar que nos próximos dias tem resenha de Feita de Fumaça e Osso.

8) Quatro - Eu sou o número Quatro - O Lorieno mais gatinho da literatura. O Quatro é muito fofo *----*. Acho lindo toda a aparência de garoto bonzinho, mas que parte para uma boa briga quando o assunto é defender ele e as pessoas que gosta. 
7) St. Clair - Anna e o Beijo Francês - Está cada vez mais difícil escolher os próximos da lista (não posso me contentar só com 10, né?), mas eu não poderia deixar de citar o lindo do St. Clair apesar de ter ficado um pouquinho irritada com ele em algumas partes, ele me conquistou por ser infinitamente fofo, pena que ele é baixinho, mas isso não me impede de ficar caidinha de amores.

6) Zsadist - Amante Desperto - Z. me encanta. Não poderia deixar de fora meus queridos amantes hooooots, e bota hot nisso! Apesar de nunca acertar na pronúncia desse nome um pouquinho complicado, Z. é um dos meus amantes favoritos, HAHA. Quero ele pra mim, me corta o coração saber o tanto que ele sofreu #xatiada. E nem se fala na dedicação dele pela Bella, por trás de toda a fachada aterrorizante se esconde um amor irremediável. Tudo que ele arriscou por ela, gente. É muito fofo. A imagem abaixo eu encontrei por acaso, mas se parece com o Z. que eu imagino.


5) Rhage - Amante Eterno - Tá, eu sei que a maioria prefere o Z., mas posso fazer o que se o Hollywood me encantou ainda mais? Não que ele tenha sofrido mais ou algo assim,  mas ele me seduz, nem imagino o porquê lalala♪. Eita menino, ele sabe o que faz. Só posso imaginar o Chris Hemsworth para esse papel. Tenho certeza que vocês me entendem. 
4) Mr. Grey - Cinquenta tons de cinza - Eu sei que há muitas especulações, reclamações e blá blá blá sobre este livro. Não estou querendo avaliar o livro nem quem gosta, nem quem não gosta, mas sinto dizer que acho o Grey fascinante. Como não achar? Acho que no decorrer da série ele fica cada vez mais interessante e é o sonho da maioria das mulheres, apesar dos seus variados problemas. Gosto mais do Ian para o papel, mas o Matt também seria ótimo. 
Estamos chegando ao top 3... Muitas emoções!

3) Gale - Jogos Vorazes - Tenho que confessar minha paixão pelo Gale *o*. Katniss pode não te querer, mas eu quero! Ooops! Sorry, Peeta, você é fofinho e é o garoto do pão, mas o jeito revoltado do Gale é o que me conquistou. Me aguarde, estou indo morar no distrito 2. Já arrumei minhas malas. 
2) Jon Snow - A guerra dos tronos - Como não falar do meu bastardo favorito, agora que ele tem o poder  se torna cada vez mais apaixonante. I love you Jon Snow, sei que não devo e que você não pode, mas I love you de qualquer jeito. Ele é responsável por uma das postagens mais populares aqui do blog, por isso o amo mais ainda. O que mais me cativa nele é a honra, a inteligência e a fofura, tudo em uma pessoa só. Também gosto desses cachinhos.








1) Travis Maddox - Belo desastre - Bad boy, tatuado, musculoso, Travis me seduziu completamente. Me perdoem todos os outros, mas ao charme de Travis, ninguém se compara. Ele é um louco, louco mesmo, eu sei. Mas abandona os maus hábitos - tá, ele era galinha - por Abby e isso só deixa ele mais lindo e nosso sonho de consumo *muitos suspiros nesse momento*.

Espero que tenham gostado da minha lista, quem vocês colocariam? Quem não?
Beijinhos e um FELIZ 2013.





Resenhando: @mor


Título: @mor
Autor: Daniel Glattauer
Editora: Suma de Letras
Avaliação: 4 estrelas 


Sinopse: Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. A expectativa é uma faca de dois gumes e a realidade pode não estar à altura.


"Você fez do meu monólogo interior um diálogo. Você enriquece minha vida interior. Você questiona, insiste, satiriza, você entra em conflito comigo. Eu lhe agradeço tanto por seu humor, seu charme, por sua vivacidade e, sim, até mesmo por suas "vilezas".

    Emmi Rothner deseja cancelar a assinatura da revista Like, mar por engano seu e-mail vai parar na caixa de entrada de Leo. Ele a responde de forma rápida e até brincalhona. Algum tempo depois, um novo e-mail, por engano é mandado para Leo e é a partir desse e-mail  que os dois começam a conversar frequentemente. E desse momento que começamos  a conhecer um pouco mais sobre Leo e Emmi, ela é casada e ele um psicologo de linguagem, e também acompanharmos o crescimento e amadurecimento dessa estranha relação a cada e-mail. Eu queria escrever mais sem soltar nenhum spoiler mas eu não consigo =O. 

Quando vejo um e-mail seu chegar, meu coração palpita.

    O livro é todo formado pela troca de e-mail entre eles. Muito bem escrito com e-mails inteligentíssimo e tiradas muito legais que te faz pensar a todo momento que isso pode acontecer com você. A leitura é leve e rápida e você ler ele rápido não por ser pequeno mas por ser ele te prender até o final. Eu meio que surtei com o fim do livro, tive mais ou menos essa reação:   WTH!!! PORQUE VOCÊ FEZ ISSO COMIGO DANIEL?? Mas para nossa alegria a Suma De Letras pretende publicar a continuação em 2013 ( aeeeeeeeew \o/ ). Super Recomendo!!

"Escrever é como beijar, só que sem os lábios. Escrever é beijar com a cabeça."



Resenhando: Ídolo Teen




Título: Ídolo Teen
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Páginas: 270
    Classificação: 4/5




Sinopse: Jenny Greenley, estudante do ensino médio, é boa em solucionar problemas... tão boa que se tornou a conselheira anônima do jornal da escola. Ainda que resolver os problemas dos outros não faça os seus desaparecerem - como o de não ter namorado -, é uma tarefa muito divertida. Mas quando o jovem Luke Striker, ídolo das telas, vai à cidadezinha de Jen fazer "laboratório" para um personagem, cria um tumulto que nem mesmo a sensata Jenny sabe se pode consertar... Principalmente porque está mais do que envolvida na história. Será que Jen, a confidente de todas as horas, que sempre consegue ajudar todo mundo, vai aprender a seguir o próprio conselho e finalmente encontrará o verdadeiro amor?






Depois de aaanos sem postar uma resenha, eis me aqui :))
Como eu adoro a Meg Cabot gente! Comecei esse livro hoje e de manhã e de tarde já havia terminado! Adoro quando isso acontece kkk.

Esse é o tipo de livro que eu adoro: Leve, rápido e com personagens e romances fofinhos <3

Jenny Greenley é uma adolescente como qualquer outra da sua idade, com excessão do fato de ela dar conselhos pessoais/amorosos anonimamente no jornal da escola como Annie, além de sempre tentar servir como intermediária nas discussões ou problemas dos amigos. Conselhos esses que tomam maior parte do seu tempo e a deixam sem tempo para seus próprios problemas.


É quando o super astro teen Luke Strike chega na cidade para ter a experiência da vida no ensino médio, só que disfarçado. Jenny é então encarregada pelo diretor para ajudar e mostrar a Luke tudo que ele precisar. Só que, como previsto, esse disfarce não vai durar por muito tempo...


Adoro a maneira como a história se desenvolve, com Luke se mostrando cada vez menos superficial (diferentemente de como Jenny previa) e o verdadeiro interesse amoroso por seu amigo de infância se fazendo transparecer ao decorrer da história.


O livro e a história são ótimos pra divertir e passar o tempo, daquelas leituras leves que a gente sempre adora. Os personagens são construídos daquela Meg Cabot maneira de ser  (kkkk). Engraçados, reais e despretenciosos. Indico com certeza :)



Resenhando: Nas asas da borboleta


Livro: Nas Asas da Borboleta
Autora: Ivi Campos
Avaliação: 4 estrelas
Leia a sinopse no Skoob
Compre o livro
Primeiramente, apesar de ter ficado realmente curiosa sobre o livro, achei que Nas asas da borboleta fosse mais um livro somente reflexivo, com aquele tom de lamentação e de volta por cima, que eu geralmente acho interessante (se não for naquele tom maçante), mas me surpreendi totalmente. É um livro bem pé no chão, isto está totalmente de acordo com o que eu falei no post sobre a parceria. Vou contar um breve resumo...
            Natália é uma fotógrafa, que relativamente se deu bem na vida, me refiro ao fato de conquistar sua independência e ter o seu próprio negócio, sem ter nem cursado faculdade. Ela tem um enorme desejo de ser mãe, é o maior sonho da vida dela. Ela conhece um cara – Víctor – e instantaneamente se sente emocionalmente apegada a ele e vice-versa. Depois de algum tempo namorando, os dois se casam e aí Natália se vê tendo sua vida virada e revirada e virada novamente pelo avesso. Ela precisa descobrir como ser o que precisa para si, entender seus sonhos e buscar lutar pela sua felicidade.
Quando eu digo que a vida de Natália foi revirada entendam como se tudo aquilo que estivesse ali para você, fosse apenas uma ilusão. É assim que ela se sente. E o que ela vai buscar é se sentir melhor, esquecer. Tentar resolver o problema, buscando a solução sozinha. O que eu mais achei lindo foi a profunda amizade dela e do Henrique. As cenas que eu mais gostava eram as dele sempre lá, cuidando dela. Ele é o amigo gay que não dá brecha, os dois são muito amigos e se entendem muito facilmente.
Até aí, eu sabia qual era a do livro. Aqui chega a parte onde a autora me deu pistas de onde ela queria chegar e eu saquei onde aquilo ia dar. Fiquei naquela tensão o tempo todo para saber onde ia dar e como a personagem ia contornar um problema tão peculiar quanto o dela. Nunca tinha lido nenhum livro que se tratasse especificamente desse assunto e achei muito interessante saber como é o sentimento de alguém que sofre disso. Vocês vão me perdoar por não falar que problema é, mas acho que já revelei o bastante para atiçar a sua curiosidade.
Uma coisa que eu gostei muito foi que a Natália, apesar do referido problema, não se deprecia. Não é uma daquelas mocinhas bobas sem um pingo de autoestima. Ela é bastante corajosa e tenta estar bem consigo. Achei-a até uma pequena, mas simpática protagonista. Pequena no sentido de baixinha mesmo. Quem leu o livro, entenderá.
Falando nisso, senti quase como se fosse minha descrição física na descrição da protagonista, exceto os cachinhos, olhos azuis e sardas, ela me descreveu :O.
Essa semana, eu vi a resenha de um livro brasileiro (não lembro nem em qual blog era e nem sobre qual livro era, se alguém se identificar, avise nos comentários), na qual a blogueira falou que os nomes dos personagens da trama estavam tal como gostamos, sem aquele brasileiro forçado de Maria e João ou José, e sim com nomes típicos, mas menos apelativos (ela também não disse com essas palavras, mas foi essa a essência da mensagem). Foi exatamente isso que eu encontrei no livro da Ivi, nomes legais, sem aquela coisa forçada, e ainda com típicos sobrenomes brasileiros. Tem a Natália Silva, Henrique Martins, Víctor etc. *Achei isso uma observação interessante
Torço realmente para que ele ganhe mais espaço, porque a história é boa o suficiente para isso. A borboleta na capa e o título tem muita relação com o conteúdo, gostei. Eu detectei alguns erros básicos de ortografia ou concordância, mas nada que dificulte a leitura. São coisas que eu relevo. Entendo completamente as dificuldades que a Ivi pode ter tido para conseguir publicá-lo.
Senti-me estranha lendo um livro que uma pessoa que eu tive contato virtual maior antes de saber que era escritora. Foi engraçado. Conheci a Ivi no Amigo Secreto de Blogueiros e é, sem dúvidas, uma pessoa muito legal. Senti-me estranha porque a todo momento ficava imaginando se ela escreveu isso baseado numa experiência dela ou se foi tudo imaginação, ou se ela se descreveu, impondo na personagem um sentimento de adoração verdadeiro pela maternidade e se ela sente isso também. Acho que sim pra essa última hipótese :DD.
            Portanto, o livro foi realmente bom, depois que você deslancha, a leitura flui muito bem e concedo 4 estrelas na minha pequena (ou nem tanto assim), mas simpática avaliação USHAUSHUA. Espero que leiam e que compartilhem comigo o que acharam. Beijos.

Nova parceria: Grimório Editorial

Mais uma ótima novidade: o blog fechou parceria com a Grimório Editorial!! 
Um pouco mais sobre a editora...

Apaixonados pela literatura fantástica, ao pensar em um nome que marcasse o mercado editorial com nosso foco, nada pareceu mais justo do que Grimório, um livro em que os magos guardavam suas magias e receitas de encantamentos. O nome soou como música aos ouvidos. Estava prestes a nascer uma editora jovem, inovadora e, assim como sua linha editorial, fantástica! Iniciada em 2012, construída  por adeptos de jogos de RPG e livros de aventura, ficção e magia, em tão pouco tempo, a editora já conta com um público bastante receptivo. Priorizando a literatura brasileira, apoiamos os autores nacionais que têm o sonho de ter seu livro publicado.Nossa história é recente e apenas começou a ser escrita. Cada leitor acrescenta mais tinta às nossas páginas.

Agora, um pouco mais sobre o lançamento da Grimório Editorial: Agnus Dei, de Julianna Costa.


Com uma narrativa fascinante, Agnus Dei agrada leitores de J. K. Rowling a George R. R. Martin

Sediada dentro de um hospício, oculta da sociedade, encontra-se a Ordem de Aset. Uma dentre as cinco Grandes Organizações com o dever de caçar e exterminar crias da escuridão, seres sobrenaturais aos quais se enquadram demônios, vampiros, lobisomens, bruxas e toda a horda de entes abissais. A busca por uma garota, recém-descoberta como uma possível reencarnação de um dos fundadores da Ordem, incide num confronto épico envolvendo outra Organização, a Agnus Dei, iniciando a contagem de uma trama frenética que promete levar a História a mais densa das eras, a Idade do Sangue.




“Julianna Costa nos mostra muita afinidade com o tema, e esta obra tem muito do que o público pede. Aventura, romance, suspense e com muito estilo.”

- Adriano Siqueira, escritor e perito em contos de criaturas abissais e terror




"Percebe-se, com clareza, a estreia de uma escritora verdadeira, sua capacidade de criar personagens, o diálogo ágil e verdadeiro, o envolvimento da história, com um enredo que seduz o leitor."

- Raimundo Carrero, jornalista e escritor


Links para compra: Saraiva - Cultura - Siciliano - Geek


Eu adorei a sinopse de Agnus Dei e estou muito ansiosa para lê-lo, pois ele tem tudo que eu amo: muito mistério com uma pitada de sobrenatural. Depois conto para vocês o que eu achei do livro! 

Beijinhos, 

WishList Natal - Sarah Rodrigues


Vim mostrar para vocês minha WishList de Natal, três livros que eu quero muito muito muito ler =D

 Lola e o Garoto da Casa ao Lado - Stephanie Perkins

 Editora: Novo Conceito
 Sinopse: A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro. Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.





Adorei Anna e o Beijo Francês, adorei o jeito de escrever da Stephanie, adorei esse titulo... adorei tudo e por isso quero ler esse livro XD




 Boneshaker - Cherie Priest

 Editora: Underworld
Sinopse: Nos primeiros dias da Guerra Civil, rumores de ouro na região congelada do Klondike levaram hordas de recém-chegados ao Noroeste do Pacífico. Ansiosos para entrarem na competição, mineradores russos comissionaram o inventor Leviticus Blue para criar uma grande máquina que pudesse minerar através do gelo do Alasca. Assim nasceu a Incrível Máquina Perfuratriz Boneshaker do Dr. Blue. Mas em seu primeiro teste, a Boneshaker perdeu terrivelmente o controle, destruindo vários quarteirões do centro de Seattle e liberando um veio de gás venenoso subterrâneo que transformava qualquer um que o respirasse num morto-vivo. Agora dezesseis anos se passaram, e uma muralha foi construída para cercar a cidade tóxica e devastada. Logo além dela mora a viúva de Blue, Briar Wilkes. A vida é difícil com a reputação arruinada e um adolescente para criar, mas ela e Ezekiel vão levando. Até que Ezekiel decide efetuar uma cruzada secreta para reescrever a história. Sua jornada irá levá-lo por baixo da muralha, para dentro de uma cidade infestada de mortos-vivos famintos, piratas aéreos, mestres do crime e refugiados fortemente armados. E apenas Briar poderá tirá-lo de lá com vida.

Li a resenha desse livro num blog e fiquei mega curiosa para lê-lo. Nunca li nenhum livro com zumbis (sim, eu não conto Sangue Quente como livro de zumbi) e eu adoro histórias com zumbis =D

A Invenção de Hugo Cabret - Brian Selznick

Editora: Sm - Lafonte
Sinopse: Hugo Cabret é um menino órfão que vive escondido na central de trem de Paris dos anos 1930. Esgueirando-se por passagens secretas, Hugo cuida dos gigantescos relógios do lugar - escuta seus compassos, observa os enormes ponteiros e responsabiliza-se pelo funcionamento das máquinas. A sobrevivência de Hugo depende do anonimato - ele tenta se manter invisível porque guarda um incrível segredo, que é posto em risco quando o severo dono da loja de brinquedos da estação e sua afilhada cruzam o caminho do garoto. Um desenho enigmático, um caderno valioso, uma chave roubada e um homem mecânico estão no centro desta intrincada e imprevisível história, que, narrada por texto e imagens, mistura elementos dos quadrinhos e do cinema, oferecendo uma diferente e emocionante experiência de leitura.

O filme baseado no livro ganhou o Oscar então deve ser muito bom. A sinopse me chamou bastante atenção e li os primeiros capítulos on line (isso só serve para aumentar a minha curiosidade), gostei muito e me deixou tipo: EU PRECISO LER ESSE LIVRO. rsrsrs

Bem essa foi minha Wishlist de natal e aí gostaram? Querem esses livros também?






Nova parceria: Ivi Campos

Oi, como estão vocês? O blog firmou uma nova parceria, dessa vez com a autora de Nas Asas da Borboleta, Ivi Campos.
Eu, pessoalmente, amei a sinopse e estou super ansiosa para começar a leitura :D

Existe um momento na vida da gente que descobrimos que não conseguiremos ter tudo o que desejamos e nem que alcançaremos todos os objetivos. Talvez, nisso se resuma a vida adulta. Em saber o momento de persistir e o momento de recuar. Natália descobre que apesar de ter se tornado uma profissional bem sucedida, ser uma mulher inteligente e independente, o seu maior sonho pode não se realizar. Todo mundo já passou por um momento assim e quem ainda não passou, terá que enfrentar esse impasse um dia. Este é o momento de entender que a vida é ainda maior do que podemos imaginar.







Eu gostei principalmente porque retrata uma situação senão cotidiana, ao menos possível. 
É uma ótima opção para todos e principalmente quem quer variar um pouco a leitura, fugir um pouco do mundo fantástico (até porque é saudável variar os estilos literários) e ser mais "pé no chão". Adorei essa borboleta, muito linda *-*
Confira o book trailer:



Adicione o livro no skoob.

Parceria com o autor: Lucas Chagas

Essa semana o blog fechou mais uma importante parceria com um autor brasileiro: Lucas Chagas. Já contei a todos como é importante apoiar e divulgar o trabalho belíssimo dos autores brasileiros, não é? 
Então vamos conhecer um pouquinho sobre o autor Lucas Chagas, autor de A Ideia?


"Nascido em 1989, em Recife, Lucas Chagas é engenheiro agrícola e ambiental formado pela UFRPE. Sempre teve gosto pela leitura, aprendeu a ler com 4 anos, e já na terceira série do ensino fundamental, ganhou um prêmio de melhor frase com o tema “natureza”.  Apesar de ser seu segundo livro escrito, A Ideia é seu primeiro romance publicado. Seu conto intitulado “O Gatilho” foi contemplado no 4.º Concurso de Contos e Poesias da UFRPE, e o livro será publicado em breve."




E agora um pouquinho mais sobre o livro publicado pela editora Novo Século (também nossa parceira), de lançamento em 2012 e com 424 páginas (bem grandinho, rs!). Eu fiquei com bastante vontade de ler, acho que a maioria também vai ficar depois dessa sinopse:

Beatrice, apesar dos seus 23 anos, estava habituada à mesmice da sua vida, mas percebe, durante uma noite de forte chuva, que aproveitava pouco sua juventude. Sem achar uma luz no fim do túnel, sente a necessidade de dar um passo em direção à mudança de vida. Mas o que ela parecia ter esquecido é que a felicidade, muitas vezes,pode trazer consigo perdas irreparáveis, principalmente quando os laços afetivos com as pessoas que amamos são muito fortes. 
As coisas pioram quando ela se apaixona por Benjamim, jovem compromissado e que parece não compartilhar do mesmo sentimento que ela. Porém esta situação está prestes a mudar...
  
A Ideia não é uma história de um amor perfeito, no qual o universo conspira favor. É uma história de luta pelo amor, quando tudo parece estar contra. Fala da vida em sua brevidade, sem deixar de lado os instantes que fazem dela algo eterno. 

O que vocês acharam? Também entrou pra lista de desejados de vocês? 


Promoção: Comece o ano novo de estante cheia!

Olá, como eu sou a portadora de boas notícias do blog (HAHA, eu sei o que você está pensando Letícia), trago uma super novidade. Quer concorrer a 16 (dezesseis) livros? Eu eu outros 13 Blogueiros nos juntamos para dar esse maravilhoso presente de ano novo pra você!
REGULAMENTO
ITEM 1 - Quem pode concorrer
•  Somente pessoas físicas com endereço para remessa do prêmio em território brasileiro podem concorrer.
•  Somente aqueles que preencherem corretamente o formulário Raffletcopter
ITEM 2 - Premiação
•   Serão disponibilizados 16 livros, que serão divididos conforme a ordem de vencedores
9 - Assassin's Creed - Renascença - Oliver Bowden 
10 - Santos Dumont: Voar É Para Todos - Regina Gonçalves 
ITEM 3 - Forma de premiação
•  O 1º Sorteado terá o direito de escolher 8 dos 16 livros disponíveis
•  O 2º Sorteado terá o direito de escolher 5 livros dos 8 restantes
•  O 3º Sorteado terá o direito ficará com os 3 livros restantes
(Os sorteados serão avisadas (via e-mail) de quais livros estarão disponíveis) 
ITEM 4 - Prazos
•  Data do sorteio: 30 de dezembro de 2012
•  Data para entrega dos livros: O Blog responsável pelo livro, terá até 30 dias para entrega-lo.
ITEM 5 - Formulário Rafflecopter 

Boa sorte ;**



Resenhando: Guerra dos Tronos


Livro: Guerra dos Tronos
Autor: George R.R. Martin
Editora: Leya
Avaliação: posso dar mais que cinco estrelas?

Sinopse: Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister - e sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda sua família.


“Quando se joga o jogo dos tronos, ganha-se ou morre.”


A Guerra dos Tronos é o primeiro volume da série “As Crônicas de Gelo e Fogo” e conta uma história que se passa em Westeros, que é dividido em 7 reinos e cada reino é guardado por uma família. Além de Westeros existem Terras Livres após o Mar Estreito e, ao Norte, terras selvagens depois da Muralha. Tudo vai bem em Westeros até um acontecimento inesperado : a morte da Mão do Rei. A morte da Mão faz com que o Rei Robert Baratheon faça uma visita a Winterfell castelo que abriga a família Stark ( amo <3 ) para falar com seu amigo Lorde Eddard Stark oferecer-lhe o cargo de Mão do Rei que nada mais é do que 2° cargo mais poderoso, depois do cargo de rei. Mas não será fácil para Eddard ser a Mão, sua investigação sobre a morte do seu antecessor levantará a ira de muitas pessoas.

"- Deixe-me lhe dar um conselho, bastardo - disse Lannister. - Nunca se esqueça de quem é, porque é certo que o mundo não se lembrará. Faça disso sua força. Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com esta lembrança, e ela nunca poderá ser usada para magoá-lo."


O enrendo é envolvente que prende o leitor nesse ambiente fantástico e sombrio que inclui sangue, incesto, assassinato, tortura e muito coisas que você nem imagina. Narrado a cada capítulo por um personagem diferente as intrigas familiares são fortes e se ampliam a cada página. São vários personagens, mas nem por isso a história se torna maçante, eles te cativam a cada capitulo. Martin tem a escrita dinâmica sempre te deixando curioso para o próximo capitulo e não poupa nada nem ninguém ( a cada capitulo torcendo para os meus personagens favoritos ficarem vivos rsrsr). Não se pode deixar de falar da adaptação feita pela HBO muito fiel ao livro com algumas poucas modificações. SUPER RECOMENDO. 


"– Pode um homem continuar a ser valente se tiver medo?
– Esta é a única maneira de um homem ser valente"




Resultado da Promoção Todo Twilight pra Mim


Boa noite gente!!





Chegou a hora de saber quem vai levar para casa toda a saga Crepúsculo mais um livro extra.









E o vencedor é... 




Parabéns Jailton Santana!



Você tem até 3 dias (72h) para responder ao e-mail com seus dados. Lembrando que os livros chegarão em dias diferentes.





Na Minha Estante :)

Boa noite gente!


Hoje o Na Minha Estante vai mostrar pra vocês a estante da Bia, do Pepper Lipstick <3








Nessa foto a gente pode ver os queridinhos de todas as estantes dos leitores: Harry Potter (não poderia faltar né? *-*). Tem também um livro que tenho muita vontade de ler, porque amo o filme: Orgulho e preconceito

Xícara com marcadores *-* e alguns livros como Lira dos Vinte Anos, Cinco Minutos e a Viuvinha :)


Aqui alguns livros que eu também tenho: Amor fora de hora e O ladrão de raios :D E outros que quero muito, como A Promessa e o Encontro :) Também O Diário de Bridget Jones, Linhas, Brilhos, Alfas, A breve segunda vida de Bree Tanner, etc :)



A sessão ''Nicholas Sparks'' já me chamou atenção de cara! Amo Nicholas *-* Aqui a gente também vê Água para Elefantes, Ausência, Paixão e Liberdade, etc. Aaah, e um que está na minha wishlist há séculos: Estilhaça-me :)







Essas duas últimas fotos dão uma visão da estante ''inteira'' e tem livos que eu amo, como a série Fallen e Marcada, livros que quero muito ler, como Ana e o Beijo françês, A culpa é das estrelas e Hush Hush :) E ainda, o livro que estou lendo há meses e não termino: Guerra dos Tronos hahaha



Bom, esse foi o Na minha estante de hoje e eu gostaria de agradecer imensamente à Bia por ter me enviado as fotos com tanta atenção *-*


PS: Gostaram do novo Layout do Blog? A gente AMOU! E adivinha quem fez especialmente e pacientemente pra mim? Se você respondeu Bia acertou ! kkkkk amei amei demais *-*


beeijo pessoas lindas!




Resenhando: A Décima Sinfonia

  Livro: A Décima Sinfonia  
  Autor: Joseph Gelinek
  Editora: Primavera Editorial
  Avaliação: 4 estrelas



              Cara, como assim? Devo admitir que fui meio estúpida. Suspeitei de todo mundo, menos do assassino. O livro foi completamente envolvente. Trata-se basicamente de um assassinato "à moda antiga" de um compositor e pianista que supostamente faz uma construção da décima sinfonia de Beethoven a partir de um esboço deste último. Nem tudo é o que parece. É com isso que o musicólogo Daniel Paniagua, além de seus problemas pessoais, precisa lidar. 
                 Daniel é um gênio, isso não está em discussão. O cara além de saber tudo o que você sequer imaginou sobre música (a menos que você seja um músico ou um musicólogo, HÁ!), não deixa isso entediante e ainda dá uma de detetive e criptólogo. Devo confessar que há alguns lances na história que não foram bem explorados ou foram colocados ali só para confundir mesmo. Mas o livro se mostrou beeeeeeeem melhor do que eu esperava. 
              Imagine-se encontrando a décima sinfonia de Beethoven que o mundo todo procura há séculos e ninguém mais acredita que exista. Pois é. Tudo gira em torno dela. Imagine quanto vale. Pois é. Isso aí $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$.
                   A história se passa na Espanha e na Áustria, algo inovador. Foi uma experiência no mínimo diferente, já que já estou tão acostumada com livros que se passam nos EUA, na Inglaterra ou na França. Pontos positivos porque não distorceu tudo pro 'centro do mundo',. Convenhamos que apesar de eu amar platonicamente estes 3 lugares, às vezes fica um pouco batido e meio "o que essas pessoas foram fazer lá?".
         Só tem um ponto que eu gostaria que o autor tivesse explorado mais: o relacionamento de Daniel com a namorada. Eles tem um conflito no começo e há momentos que o Daniel tá tão empolgado com o crime que nem pensa nela, simplesmente 'oi Alicia, cadê você?' kkkkkkkk. Apesar disso, ele é um personagem extremamente cativante e até me trouxe bastante vontade de conhecer música clássica mais a fundo, porque eu não entendo patavinas (confesso que pedi o livro por causa do assassinato, mas me apaixonei por ele, além de ter ficado lindo na minha estante). 
                Claro que eu adorei a capa, muito linda, cheia de detalhes de partituras e notas que significam letras e as gotinhas de sangue, convém ao livro. A formatação foi ótima e não encontrei erros de digitação. As folhas são amareladas, a fonte é grandinha e a leitura fluiu muito bem. Então, minha classificação é 4 estrelas muito merecidas. 


                   

Entrevista: Bela Borges

Oi gente linda :)

Desculpa minha sumida de novo, mas hoje trago uma entrevista que o blog realizou com a Bella Borges a autora de Capuleto :))



1) Como foi a experiência de escrever Capuleto?
Foi muito boa! Tive que pesquisar e aprender muito sobre Romeo e Julieta, sendo que eu nunca vi o filme. Eu sei, muito triste isso. Meu sonho é um dia preparar um bolo de chocolate com cobertura, sentar no sofá e assistir. É claro, com lencinhos! Mas eu nao quero ver aquele que tem o Leonardo di Caprio. Nao! Eu quero assistir o primeiro filme de Romeo e Julieta. É pedir muito? Ainda vou assistir e contar para voces como foi a experiência no meu blog! E quem sabe, eu convenço o meu amor de ver comigo <3


2) Qual personagem você destacaria como mais complexo?
Bem, acho que diria a própria Julieta. Sendo que ela tem uma personalidade muito forte, nao aceita um nao como resposta e é teimosa. Sao poucas pessoas que conseguem conviver com alguém como ela. E isso nao é algo ruim. Adoro isso nela! Adoro ela ter sempre uma resposta na ponta da língua e sempre nos surpreender com suas decisões. Ela é muito imprevisível, e eu a adoro!


3) Pelo capítulo que li me parece que Julieta é uma verdadeira lutadora, a
intenção foi escrever uma personagem feminina forte? Por quê?
Sim. Pois, Julieta Capuleto é sempre vista por nos como uma mulher perfeita e como símbolo do amor. A intenção foi criar uma personagem forte, pois ninguém iria gostar de saber que A Julieta, era fraca. Queremos ver uma mulher lutadora que nao tem medo de pensar diferente. E é claro, a beleza deslumbrante que ela tem. Julieta é o símbolo do amor, mas também simboliza a mulher. Todas as mulheres sao lindas do seu jeito e Julieta mostra isso. Ela tem defeitos, seus defeitos sao mostrados mas ela nao deixa de ser uma mulher perfeita pelos olhos de quem vê.


4) Por que você escolheu o ambiente circense como cenário?
Eu me inspirei no Cirque dul Solei, e queria que Capuleto fosse como Cirque dul Solei naquela época, como é hoje.


5) Você tem outras obras já escritas publicadas ou não? 
Sim, tenho Believe Me, Fix Us, e uma sem título.


6) Conta pra gente porque você gosta de escrever.
Acredito que escrevo por prazer. Mas também por que eu adoro criar personagens que sao o que eu nao consigo ser e também, personagens que sao iguais a mim.
Julieta, por exemplo, é poderosa e nunca perde uma discussão. Eu nao sou assim. Sou tímida e deixo as pessoas ganharem de mim, e eu odeio isso (risos)
Mas também tem Will, que é romântico e acredita no amor verdadeiro/eterno mais do que tudo. E eu sou desse jeito, adoro isso!






Bella Borges é autora do livroCapuleto. Beatlemaniaca, amante de musicas britanicas e filmes de comedia romantica, desenhos animados e grande fa do Nicholas Sparks. Curso: Veterinaria.