Livro x filme: Ponte para Terabítia



Livro: Ponte para Terabítia
Autor: Katherine Paterson
Editora: Salamandra 
Avaliação: 5 estrelas 


Filme: Ponte para Terabítia (Bridge to Terabithia)
Ano: 2007
Gênero: Fantasia e Drama
Direção: Gábor Csupó

Distribuição Walt Disney Pictures
Avaliação: 5 estrelas 



Jess Aarons, um garoto de 10 anos, passou o verão treinando para ser o campeão de corrida da escola. Na volta às aulas, é ultrapassado por uma aluna nova. Os dois tornam-se grandes amigos, e criam um reino imaginário chamado Terabítia, onde governam soberanos protegidos das ameaças e zombarias da vida cotidiana. Até que um dia, uma fatalidade os separa, e Jess precisa ser forte para enfrentar essa triste realidade.













Não sei por qual eu me apaixonei mais! Ontem foi um dia torturante, comecei a ler Ponte para Terabítia devido ao enorme amor de uma amiga por esse livro, rs. Achava que seria bom, mas jamais imaginei que 160 páginas pudessem me encantar tanto e derramar tantas lágrimas. Achei o filme muito semelhante ao livro (lê-se aqui: me fez chorar do mesmo jeito) e o que era diferente só enriqueceu o que tem de melhor no livro. 



Jess Aarons é um menino um pouco diferente, ele tem aspirações artísticas incompreendidas por todas as pessoas ao seu redor, principalmente seu pai, o clássico achar que ele tem que fazer algo produtivo, rs. Então, a única pessoa que o incentiva a continuar seus lindos desenhos é sua professora de música, Miss Edmunds. Porém, quando sua nova vizinha chega (Leslie), os dois iniciam uma amizade que nada poderia destruir, ela é tão bonita e firmada que não parece realidade quando a vida vem e dá seu jeito. 

O que mais gostei no filme foi sobre o reino de Terabítia em si, que é o lugar secreto de Leslie e Jess, foi absolutamente encantador. Eu amei todas as cenas que nos proporcionavam com riqueza o quanto a imaginação de uma criança pode ser rica e maravilhosa. 

Ao mesmo tempo em que pode ser encantadora, pode ser uma história verdadeiramente triste e que mexeu muito comigo, por motivos de spoilers pra quem ainda não leu, não vou revelar o que acontece, mas creio que a maioria já saiba porque é bem conhecido. 

Enfim, a escolha do elenco para o filme não deixou nada a desejar, o Josh e AnnaSophia (Jess e Leslie) foram brilhantes no papel, combinaram perfeitamente, sem falar na fofa da Bailee Madison que faz a irmã mais nova de Jess, dá vontade de apertar tanta fofura. 

Ambos, filme e livro, foram perfeitos, na minha opinião. O que me leva a dizer que eu recomendo muito, por ser uma história curta e singela que emociona e que te faz refletir um pouco. O livro e o filme se entrelaçam de tal forma, que se complementam. 


Beijos, 






8 comentários:

  1. Esse filme é lindo mas é tão triste =/ mas o pior é o menino se sentir culpado =O Não sabia q tinha um livro dele.
    http://coisasdebelaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo, amo, amo esse filme, me fez chorar litros tbm...
    Não sabia que havia livro dele, aaaah! Preciso dele!]
    Se o filme já é bom, imagina o livro!? QUERO MUITO!

    Beijos Ju :)
    Pri
    Baú de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Eu amei o filme, mas ainda não li o livro. Alias nem sabia que tinha livro hehehehe.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Ah, eu amo esse filme! <3
    Não li o livro ainda, mas morro de vontade. Eu chorei muito também ao assistir o filme. Acredito que gostarei do livro assim como você. E fico feliz em saber que livro e filme se completam.
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  6. Bacana, é muito difícil um filme fazer jus ao livro...
    Já assisti o filme e nem sabia que era uma adaptação, mas agora que sei quero muito ler o livro.

    Delmara | Sou Bibliófila

    ResponderExcluir
  7. Acredita que até hoje não vi esse filme, pego ele no meio aí desisto porque quero ver desde o começo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Não conheço o livro mas o filme é 10. É uma verdadeira reflexão sobre a verdadeira amizade e o que de fato é a vida. Nos faz refletir que nunca devemos nos despedir de alguém sem antes falar o quanto o outro é importantes em nossas vidas e o quanto amamos. Pois amanha muitas vezes pode ser tarde.

    Gostei do seu trabalho! Muito bom seu blog. Parabéns! Vá Além!
    Feliz Natal e Pŕospero 2014.

    gersonalan.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, responderemos sempre :)